o aumento salarial dos vereadores



Esta frase, lema de jovens cariocas durante as manifestações que vem agitando o Brasil e levando milhares de cidadãos às ruas, me remeteu a uma frase de Gandhi, "sejamos a mudança que queremos ver no mundo". É emocionante imaginar que a fonte inspiradora dos movimentos que libertou a Índia dos ingleses seja a mesma que agita o país, agora.

Não compareci ao Acorda, Brasil! guaxupeano, que aconteceu na tarde de sábado, 22. Porém, faço minhas as imagens do estudante da Interativa, Gabriel Rezende (G.R.S. FOTOS), que com muita sensibilidade e percepção conseguiu transmitir a energia do movimento que levou centenas de guaxupenses às ruas. Essa mobilização é a manifestação do lado bom e revolucionário das redes sociais. Parabéns aos organizadores, que esses manifestos não acabem aqui, que colham frutos conseguindo moralizar este país, já que todas as instâncias do poder existem por causa do povo e para o povo.

Soube que os manifestantes irão ocupar o auditório da Câmara Municipal de Guaxupé, amanhã, 24, às 19h, para apresentar diversas reivindicações. Que elas sejam cuidadosamente pensadas, transmitidas e ouvidas com a seriedade que merecem por nossos nobres edis. Que aliás pretendem votar um aumento salarial para eles mesmos no valor de R$ 6.000,00. Seis mil reais para 13 (treze!) vereadores representa um gasto de R$ 78.000,00 reais mensais ou R$ 936.000,00 anuais, fora décimo terceiro e outras regalias que o cargo oferece, equivalentes a mais de um milhão de reais por ano. Por que vereadores e deputados podem definir seus próprios salários enquanto a maioria absoluta tem que se contentar com o salário mínimo? Esta é uma discussão legítima, os ocupantes de cargos públicos eletivos devem ter o mesmo patamar dos reajustes salariais impostos à classe trabalhadora. Como também é legítima o fim da cobrança de 50% da taxa de esgoto pela COPASA, contrariando o reajuste de 40% definido em audiência pública (mas também exagerado, visto que as obras da Estação de Tratamento de esgoto nem começaram). Reivindicações justas, justíssimas!

Conheça a opinião de um mestre para ser ouvido, Ferreira Gullar, clicando aqui.























Se o cachorro da foto abaixo (à direita) pudesse, também empunharia um cartaz: RESPEITO AOS ANIMAIS DOMÉSTICOS E DOMESTICADOS ABANDONADOS. Já passa da hora de um município do porte de Guaxupé manter um espaço para abrigo de animais em situação de abandono nas ruas, em parceria com a associação protetora dos animais. E EDUCAÇÃO NAS ESCOLAS, para que o abandono seja, em médio prazo, página virada da nossa história (ou pelo menos, com um percentual que não envergonhe os cidadãos honrados e cumpridores dos seus deveres).








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

transformAÇÕES

guerreira da roça

guaxupé - cem histórias