Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

seis histórias ou o teatro de sombras

Imagem
Antes de falar sobre seis temas referentes à terrinha, um desabafo:

Acabei de saber pela TV que Aldo Rebelo, autor do polêmico projeto de reforma do código florestal brasileiro, foi nomeado Ministro dos Esportes. Ele vai negociar com empresas e instituições para realização das Olimpíadas e da Copa do Mundo. Muito conveniente, imagine o montante envolvido, é como se o deputado recebesse um prêmio em espécie por sua força política, demonstrada na aprovação do referido Código, meses atrás. Pra mim, mais uma vergonha no nosso cenário político, já tão desacreditado.

Voltando para assuntos mais felizes, de 29.10 a 02.11, acontece o terceiro evento promovido pela Casa da Cultura, o Aconteceu em Guaxupé, Reviva! Oportunidade boa para recordar amigos e lembranças vividas na terrinha, outrora bem mais animada que agora, pode crer. Este ano, "com total animação, antigomobilistas estão preparando uma belíssima participação" na abertura do Reviva, sábado, às 19h30, no Parque Mogiana, depoi…

achado

Imagem
Este gatinho siamês está à procura de um dono. Ele deve ter de dois a três meses, é muito dócil e fofo. Caso se interesse, favor deixar um comentário no final desta postagem.


14 bis pra mostra de audiovisual

Imagem
De quinta à sábado aconteceu a Mostra 14 Bis de Audiovisual, realização do Instituto 14 Bis de Educação e Cultura, com apoio do estado de Minas e projeto Cultura Viva do governo federal. Infelizmente, os guaxupeanos ainda não estão habituados a valorizar eventos deste tipo, mas como diz, sabiamente, Mauri Palos, o idealizador da Mostra há nove anos: mais importante é destacar o público presente. Portanto, cumprimento todos aqueles que compareceram ao cinema, não só para prestigiar os trabalhos apresentados, de Guaxupé e de outros estados, como também para apreciar audiovisuais com temas e estilos que fogem ao habitual.
Encantador O Barbeiro de São Pedro da União, protagonizado por Lazinho, o simpático e musical barbeiro da Rua Aparecida. Este vídeo já foi exibido no Canal Futura, integrante do projeto Revelando os Brasis, voltado para cidades de até vinte mil habitantes. Assim também foi produzido um filme sobre os Irmãos Mazotti, em Guaranésia, por Alberto Emiliano (Preto), atual sec…

mostra de audiovisual, hoje e amanhã, às 18h

Imagem
A Mostra 14 Bis de Audiovisual acontece hoje e amanhã, a partir das 18h, no Cine 14 Bis Guaxupé, com entrada franca. Entre os dezesseis vídeos inscritos, produzidos em diversas regiões do país, destaque para quatro produções guaxupeanas: No elevador, O Adultério de Geraldo, Uma ou Outra Vida e Transtorno Matutino.

Meu grupo elaborou o videoclipe Uma ou Outra Vida, da música do guaxupeano Fábio Araújo. No elenco, diversas participações especiais. Confira a programação clicando nesta imagem.

assistam e ouçam agora!

Watch live streaming video from instituto14bis at livestream.com

deu água na boca

Imagem

um passarinho no chão

Imagem
É o nome de "uma novela carregada de poesia", como descreveu Elias José no prefácio deste livro de Esmerino Ribeiro do Valle Filho, de 1979. Algo me diz que foi leitura indicada na minha época de ginásio, que não despertou meu interesse. Agora, a filha do escritor, Bia Antonelli, sabendo do meu gosto por histórias de vidas, me emprestou o único exemplar que ela guarda a sete chaves. Desta vez, a narrativa do menino Zezinho e de seu companheiro, um matuto da roça, Zequinha Josa, me emocionou muito, como previu Elias no já referido prefácio:
"Uma poesia simples que brota da terra e tem marcas da infância do interior, cercada de elementos humanos mais autênticos, de animais e com presença forte da natureza dominando tudo. Impossível para o leitor permanecer frio, com uma leitura apenas intelectual. O livro mexe fundo com a gente, com o que temos de mais puro e mais menino. ... Leitura acabada, ficará no leitor, tenho certeza, uma vontade de retomar algumas partes, de reler c…

duas histórias

Imagem
Encerrando a temporada atual da Coluna Minha História, duas mulheres de vida difícil: Tereza Pinho Garcia e Palmira de Jesus Silva. Ambas moradoras do Lar São Vicente, estas duas mulheres percorreram um árduo caminho até chegar aqui.


UMA SENHORA SOLITÁRIA

Tereza Pinho Garcia nasceu em 06.12.1933, em Curvelo, uma dos vinte e um filhos de Raymundo de Freitas e Agostinha Correia dos Santos. Dona Tereza tem um jeito todo peculiar de se expressar, podendo confundir ouvintes desatentos. Em vez de pescador, diz que seu pai foi marinheiro e enquanto sua família viveu na região da capital mineira tiveram uma vida boa. Desde então, passou por fazendas do interior de São Paulo, Paraná e Minas. Depois de viúva, trabalhou nas colheitas de café para terminar de criar os nove filhos. Há sete anos no Lar São Vicente, é conhecida por todos e, ao mesmo tempo, não é apegada a ninguém.

“Quando vim pra Guaxupé deixei dezoito irmãos vivos no Paraná, perto de São Pedro do Ivaí. Desde pequena, comecei a trabalh…