Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

informações sobre o kit vira-lata

Imagem
A Associação Vira-latas vai inovar no formato da venda dos kits para o desfile carnavalesco do Viralatas do Samba, que serão vendidos a 30 reais, contendo 01 camiseta de malha, 01 chapéu, 01 adesivo e uma carterinha de "associado" para trânsito livre à Casa da Vó Maria durante as noites de festa. A entrada para os não-viralatas será de 10 reais. Caso o indivíduo esteja com a fantasia de outro bloco, pagará somente meia-entrada.

Quem quiser, poderá ganhar um desconto de 50% sobre o valor do kit, pagando apenas 15 reais, até 12.02, caso apresente uma foto inédita e significativa para a história do município. Por exemplo, que tenha como cenário ruas e imóveis representativos do centro da cidade ou de um bairro, ou revele costumes sociais de outrora, vestimentas, desfiles comemorativos, profissões e profissionais, entre outros símbolos guaxupeenses. A única exigência é que essa foto não faça parte de nenhum acervo de outra instituição. A diretoria da associação fará a triagem des…

cordel, samba e poesia

Imagem
Olha que bacana o evento que acontecerá em Guaranésia, neste final de semana. João Gomes de Sá já esteve na Casa da Vó Maria, foi uma honra para o público presente. Sábado, às 20h30, o professor e cordelista estará na abertura do 1º Salão do Cordel de Guaranésia. Muito bonito este cartaz produzido pelo Leandro de Andrade. Sucesso a todos!



Adriano Borges Magri, um dos integrantes da bateria do Viralatas do Samba, filmou o 3º ensaio, ontem, numa das salas da Casa da Vó Maria. Com o aumento do número de integrantes da bateria, os ensaios passarão para um barracão com entrada pelos fundos da casa. Por enquanto, acontecem às terças e quintas, às 19h, e domingo, a partir das 17h. Valeu, Adriano!



No meio do caminho


No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do cam…

a grandeza de uma cidade

Imagem
Acima, um dos cartazes utilizados na divulgação do movimento Crueldade Nunca Mais, em favor dos animais, que aconteceu em vários lugares do mundo, ontem, dia 22. Infelizmente, em Guaxupé não houve nenhum movimento desse tipo. Minha contribuição foi meramente virtual, mas tenho consciência de que poderia fazer mais. Afinal, prezo demais os amigos de quatro patas (ou os de duas e com asas, ou os de guelras...). Nem preciso dizer que defender a causa dos animais não exclui possíveis lutas em favor da humanidade, pois Mahatma Gandhi, muito mais sábio do que os críticos de carteirinha, e grande defensor dos valores humanos afirmou que essa luta pelos animais dignifica e humaniza o ser humano. Humildemente, confio em seu ensinamento e prossigo, na esperança de me tornar um ser vivo melhor, mais humano.


Passeata "Crueldade nunca mais", na Avenida Paulista, São Paulo (foto Estadão).


Na passeata que aconteceu na praia de Copacabana, Rio, ativistas em favor da causa dos animais empunhar…