belezas

Guaxupé tem poucas BELEZAS NATURAIS, como cachoeiras, por exemplo. As que existem (resistem) são particulares e abertas ao público, porém, sem nenhum cuidado, segurança ou exigência. A maior delas, a Santa Maria, infelizmente está poluída pelos agrotóxicos das lavouras, portanto imprópria para banhos. Já a "cachoeira do meio", conhecida por muitos, ainda oferece água limpa e belas fauna e flora. Mas por todos os lados se observa a ignorância e falta de educação humanas, como pode ser conferido nas próximas imagens registradas por Rodolfo Bonifácio.




































Não acredito que tal SUJEIRA seja ocasionada apenas pelos moradores do meio rural, que invadem o local nos finais de semana e feriados. Os habitantes da cidade não são menos "porcos" (que me desculpem os suínos) e desrespeitosos com a natureza, basta observar o tipo de lixo abundante em NOSSAS ruas. Se a gente não se unir, daqui a pouco o proprietário da referida cachoeira (ou seus herdeiros) tomam consciência e proibem o acesso à mesma. Pouco tempo atrás, o topo do "morro do cascalho" era parada refrescante depois de uma caminhada. Hoje está cercado. O que deveria ser um bem público, uma beleza natural da cidade e patrimônio de todos, está em mãos particulares que têm todo o direito de zelar pelo que é seu. BESTAS somos nós. E o homem ainda tem a cara de pau de se julgar melhor do que os bichos.



A direita, Jonathan, acompanhado do irmão e do amigo, "os" Luiz Fernando. Eles moram na Fazenda Boa Vista, ou simplesmente Jacuba, como diz a mãe dele, Fabiana. Ela frequenta o curso noturno do "Grupo Coronel" e trabalha das 22h ao meio-dia como empregada doméstica na cidade. Fabiana conta que em época de eleição tem circular diariamente para transportar os moradores da zona rural até a urbana: "Depois nem se lembram da gente". A moça de 28 anos diz que muitas vezes faz o percurso de casa ao trabalho e vice-versa a pé. Já passou apuros quando precisou de médico para os filhos. Nos DEBATES ELEITORAIS municipais, os candidatos prometeram resolver esta questão.

Acho que eu já disse antes, a BELEZA está nos olhos de quem a aprecia, parafraseando nem sei quem. Mas o fato é que a beleza de uma foto, por exemplo, reflete o olhar do fotógrafo, que muitas vezes inventa e reinventa o objeto do seu olhar. No caso do desfile de abertura da exposição dos 20 anos de carreira da artista plástica Léa Cury, não foi preciso inventar, o show foi dos tecidos e estampas, dos acessórios, das modelos, da competência dos profissionais envolvidos e do próprio local: o Teatro Municipal de Guaxupé permite aventuras fotográficas, é muito bonito.





Confira a cobertura completa do evento copiando e colando este endereço. Também aconselho a começar pela última foto, na sequência real de como foram feitas:

file:///C:/Documents%20and%20Settings/Sheila/Meus%20documentos/Exporta%C3%A7%C3%B5es%20HTML%20do%20Picasa/20%20anos%20L%C3%A9a%20Cury/index.html

VISITE a exposição da Léa, no foyer do teatro até o próximo domingo, 8.

Para finalizar, desta vez uma poesia sem música ou música para a alma,
O JARDIM DAS BORBOLETAS, que abribuí ao grande poeta Mario Quintana sua autoria. Graças à dica de um leitor deste blog (ver latidos & cia) descobri meu ERRO. Não se sabe quem é o autor deste poema:

Com o tempo você vai percebendo que
para ser feliz com outra pessoa,
você precisa em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquela pessoa que você ama
ou acha que ama, e que não quer nada com você,
definitivamente, não é a pessoa da sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e,
principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atrás das borboletas...
é cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai achar,
não quem você estava procurando,
mas quem estava procurando por você.





"As pessoas têm me pedido muito uma poesia ("Um Dia") que a dupla de cantores sertanejos Bruno e Marrone declama no início dos seus shows, que seria do Mario Quintana, mas não é. Aliás, o próprio show se chama "Um dia" e vários jornais e sites divulgaram que foi inspirado num poema de Quintana, mas nunca vi esse poema (que acho horroroso, inclusive) em livro nenhum, só circulando pela net. Se alguém me mostrar em que livro está, me diga que altero aqui. Seguem abaixo esse e outros poemas que não parecem ser de Quintana, mas circulam pela net ("o segredo não é correr atrás das borboletas...", "Deficiências", "Felicidade Realista" e outros)"
http://www.fabiorocha.com.br/biografia.htm
http://www.fabiorocha.com.br/mario.htm

Comentários

Tatuscula disse…
Adorei as fotos, mas faço um adendo... o poema citado NÃO É de Mário Quintana, apesar de zilhões de pessoas afirmarem que é na internet. Infelizmente é mais um erro dos tempos modernos, onde até notícia errada se espalha rapidamente.

Depois confira esta comunidade dele no Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=10500659

Té mais!
bisteca disse…
Obrigada, mesmo, pela crítica construtiva. Já retifiquei o texto.

abraço

Sheila
Lorêny Portugal disse…
Vira querida... Não se apoquente!
Às vezes, alguns escritores, alguns só, com medo de serem espancados pela crítica, colocam seus dizeres como sendo de escritores famosos e por aí vai. Alguns outros incautos desconhecem mesmo as autorias por lerem pouco...ou não lerem nada!
Nossa, que papo mais prolixo! rs!rs!...
Liga não! quando vc não escreve, fico até incomodada, pq acostumei-me a ler seus deliciosos textos e saber o que vai pela cidade. Aqui, dá minha janela, beijos!
Adoro seus textos!
Ah, acessei os links...tem até um blog dem um barbudo feio que coloca certim os textos do Quintanilha...
Um Rai-kai pra vc, mais ou menos assim:
O sorriso mais radiante que recebemos é os dos políticos na véspera das eleições...rs!

Inté!
bisteca disse…
rsrsrsrsrsrsrs
ai, Loreny,
só você, mesmo, obrigada pela força!

por falar em político sorridente,
um tal da Anastasia, nosso vice,
está sendo homenageado por aqui...
Aí, tem, né? rs

Adoro inventar rai-kais, também!
você é ótima poeta, sou sua fã.

beijo
Jeffrey disse…
Ah, o tia Nastácia...coitada da tia Nastácia!!!!
Ninguém merece! Se bem qeu estouy precisando de alguém influente pra desatar um nó que se deu na minha vida...será que eu consigo?
rssssss
bisteca disse…
UAI... que nó é esse?
rs
precisa de ser alguém influente pra desatá-lo??
vai benzer, fia!

Postagens mais visitadas deste blog

transformAÇÕES

guerreira da roça

guaxupé - cem histórias