eu sou mineira

E fiquei com tanta água na boca quando li este e-mail, que até sobrou pra repartir com você. Apesar de alguns tópicos de gosto duvidoso, como comer a cabritada de Ponte Nova, entre outros, Minas oferece muitas aventuras boas demais.

Coisas legais para se fazer em Minas Gerais

1. Assistir a um espetáculo do Grupo Corpo no Palácio das Artes, em Belo Horizonte;

2. Ficar horas admirando o forro da Igreja S. Francisco de Assis, em Ouro Preto;

3. Chegar ao topo do Pico da Bandeira;

4. Dormir no Convento do Caraça e ver o lobo-guará;

5. Assistir a um jogo do Cruzeiro e Atlético no Mineirão;

6. Comer pé de moleque em Piranguinho;

7. Surpreender-se no Inhotim;

8. Tirar uma foto com a estátua do Juquinha na Serra do Cipó;

9. Experimentar as guloseimas da Festa Nacional do Pequi, em Montes Claros;

10. Pescar um Surubim na Represa de Três Marias;

11. Comer pastel de angu, em Conceição do Mato Dentro ou Itabirito;

12. Beber água na Fonte dos Amores, em Poços de Caldas;

13. Participar da Vesperata, em Diamantina;

14. Conseguir uma autorização do IBAMA para visitar o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu ;

15. Beber uma “Anísio Santiago”, em Salinas;

17. Participar do Festival de Comida di Buteco, em Belo Horizonte;

18. Alugar um pé de jabuticaba, em Sabará;

19. Fotografar os profetas em pedra sabão no Santuário de Bom Jesus de Matozinhos, em Congonhas;

20. Fazer compras em Divinópolis;

21. Emocionar-se na nascente do Rio São Francisco, no Parque Nacional da Serra da Canastra;

22. Comer queijo no Serro (melhor ainda se for de Araxá - Serra da Canastra);

23. Visitar uma mina de água marinha. em Governador Valadares;

24. Fazer um voo de parapente na Serra da Moeda, em Brumadinho;

26. Navegar no vapor Benjamim Guimarães pelo rio São Francisco, a partir de Pirapora;

27. Comprar artesanato em Bichinhos (Vitoriano Veloso), Prados;

28. Fazer a pé pelo menos num trecho da Estrada Real;

29. Participar da Caminhada Roseana, em Cordisburgo;

30. Seguir as placas Caminho do Museu de Território Caminhos Drummondianos, em Itabira;

31. Passar um final de semana romântico em Monte Verde;

32. Tomar um banho de Cachoeira no Parque Estadual do Ibitipoca;

33. Experimentar o doce de leite da Universidade Federal de Viçosa;

34. Observar o Mono Carvoeiro (Muriqui) na Reserva do Patrimônio Particular Natural Feliciano Miguel Abdala, em Caratinga

35. Comer um fígado acebolado no Mercado Central, em Belo Horizonte

36. Fazer compras de lingerie, em Juruaia!!

37. Relaxar no Parque das Águas de São Lourenço;

38. Praticar turismo solidário em Capivari, Serro ou Alecrim, em São Gonçalo do Rio Preto;

39. Caminhar com muita calma pelas ladeiras de Ouro Preto;

40. Brincar o carnaval em Diamantina;

41. Passar uma manhã na gruta de Maquiné;

42. Rezar, cantar e dançar na Festa do Rosário de Dores do Indaiá;

43. Nadar na Represa de Furnas;

44. Almoçar frango com quiabo e angu na beira de fogão à lenha;

45. Observar as estrelas no Observatório Nacional de Astrofísica, no Pico dos Dias, em Brazópolis;

46. Ficar de queixo caído frente ao altar-mor da Igreja de Santo Antônio, em Tiradentes;

47. Divertir-se na viagem de Maria Fumaça, entre Tiradentes e São João del-Rei;

48. Praticar rafting e outros esportes de aventura nas corredeiras do Rio Gavião, em Bonito de Minas;

49. Isolar-se do mundo no Mosteiro de Macaúbas, em Santa Luzia;

50. Assistir a um concerto no Órgão Arp Schnitger, na Catedral da Sé de Mariana;

51. Acordar com um galo cantando (passo...), em um hotel fazenda;

52. Participar da procissão Encontro do Senhor Passos, em Ouro Preto;

53. Visitar um alambique, em Itambé do Mato Dentro;

54. Assistir a uma peça do Grupo Galpão em uma praça;

55. Rezar na Igreja de São Francisco de Assis da Pampulha, em Belo Horizonte;

56. Adquirir calçados em Nova Serrana;

57. Refletir sobre a vida no Museu da Loucura, em Barbacena;

58. Sentir o frio gostoso de Maria da Fé;

59. Torcer por uma candidata no “Miss Gay” de Juiz de Fora;

60. Admirar um belo horizonte na Praça do Papa, em Belo Horizonte;

61. Vivenciar o dia a dia de uma fazenda centenária;

62. Aplaudir o Grupo de Bonecos Giramundo;

63. Aprender sobre a história de Minas Gerais no Museu da Inconfidência, em Ouro Preto;

64. Comprar produtos de teares manuais, em Resende Costa ;

65. Contemplar a Gruta do Salitre, em Diamantina;

66. Envolver-se na Festa do Rosário da comunidade dos Arturos, em Contagem;

67. Beber café em caneca esmaltada acompanhado de quitandas;

68. Sentar em uma venda de cidade do interior e deixar a vida passar;

69. Experimentar os biscoitos de São Tiago;

70. Observar um leilão de gado na Expozebu de Uberaba;

71. Divertir-se em uma feira de agropecuária;

72. Andar a cavalo apreciando as paisagens da Serra da Mantiqueira;

73. Degustar a culinária típica da Festa Nacional do Milho, em Patos de Minas;

74. Realizar uma visita interativa no Museu Artes e Ofícios, em Belo Horizonte;

75. Saborear o rocambole de Lagoa Dourada;

76. Fazer uma excursão pelo Circuito das Águas, no Sul de Minas;

77. Conhecer o monumento “Menino da Porteira”, em Ouro Fino;

78. Caminhadas pelo Vale do Matutu, em Aiuruoca;

79. Viajar pela região do Rio Doce pela ferrovia Vitória-Minas;

80. Contagiar-se pela beleza dos shows pirotécnicos durante Festa do Foguete, em Santo Antônio do Monte (não deve haver vira-latas por lá);

81. Participar de uma colheita de café, no sul de Minas;

82. Ter uma aula de educação ambiental, na Estação Ambiental de Peti, da Cemig;

83. Passar um final de semana em Araxá;

84. Cair na folia da micareta Sanatório Geral, em Ubá;

85 - Se deslumbrar com a paisagem da Serra do Caraça;

86 - Comer a cabritada e saborear a goiabada de Ponte Nova;

Comentários

Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
bisteca disse…
Este comentário foi removido pelo autor.

Postagens mais visitadas deste blog

transformAÇÕES

guaxupé - cem histórias

manifesto