evento bem interessante

INTERACTIVOS? ’10 BH: BAIXA TECNOLOGIA DE PONTA

O EVENTO TAMBÉM ABRE INSCRIÇÃO PARA COLABORADORES QUE DESEJAM PARTICIPAR DOS LABORATÓRIOS DE CRIAÇÃO.

Foram selecionados 8 projetos dentre os 98 inscritos para o laboratório colaborativo do Interactivos?’10 BH. Começa, agora, a segunda fase com inscrições de até 30 colaboradores voluntários para integrarem as equipes de desenvolvimento das 8 propostas selecionadas. O evento segue o modelo desenvolvido pelo laboratório espanhol Medialab-Prado, parceiro na realização desta edição.

A convocatória de colaboradores é direcionada a artistas, designers, músicos, jornalistas, técnicos, engenheiros, arquitetos, programadores, educadores ou demais interessados em contribuir com a pesquisa no tema proposto em cada projeto.

A figura do colaborador é fundamental para o desenvolvimento dessa proposta de trabalho colaborativo, intercâmbio de ideias e conhecimentos e formação teórico-prática. Os colaboradores podem fazer parte da equipe de desenvolvimento de uma ou mais propostas selecionadas de acordo com o interesse de cada um. O candidato deve apontar no ato da inscrição o(s) nome(s) do(s) projeto(s) em que pretende atuar.

Aos colaboradores residentes fora de Belo Horizonte e região metropolitana serão oferecidas vagas de alojamento em albergue situado próximo ao local do evento, preenchidas por solicitação, através de campo específico no formulário de inscrição e seguindo a ordem de recebimento das propostas.

O laboratório colaborativo do Interactivos? ’10 BH: Baixa Tecnologia de Ponta será realizado entre os dias 21 de novembro e 8 de dezembro de 2010, na cidade de Belo Horizonte, Brasil.

RELAÇÃO DE PROJETOS SELECIONADOS

1. Nome do Projeto: 3rd Person Me
Nome do Artista: Victor Dias e Fernando Mendes
Nacionalidade: Brasileiro
Local de residência: Belo Horizonte/MG

Resumo do projeto: Construção de um mecanismo de deslocamento da própria visão, colocando-a em um ponto de vista externo, afastado do corpo. Uma câmera acoplada a um traje capta e transmite em tempo real a imagem do usuário para um óculos-tela, substituindo sua visão por um registro em terceira pessoa de si mesmo. Esse sistema de “câmera acompanhante” coloca a visão do usuário em um ponto de vista comumente associado a videogames de ação.


2. Nome do Projeto: Transmissão de Som por Ruído Eletromagnético
Nomes do Artistas: Brayhan Hawryliszyn, Calebe Giaculi, Christiano Candian, Claudio Cunha, Luis Castilho, Marcos Saturnino, Pedro Retes, Rodrigo Borges
Nacionalidade: Brasileiros
Local de residência: Belo Horizonte/MG

Resumo do projeto: Explorar o uso não convencional de aparelhos comuns: monitores analógicos ou monitores CRT, considerados obsoletos desde o recente surgimento das telas de LCD. O funcionamento interno destes aparelhos, que utilizam canhões de elétrons para a formação de imagens, permite que sejam usados como fontes de transmissão de informação através da transmissão eletromagnética inerente ao seu funcionamento. O projeto propõe a transmissão de música entre um monitor e um rádio. Um software é responsável por modular sons para transmissão em padrões convencionais AM, os quais poderiam ser escutados em qualquer aparelho de rádio receptor.

3. Nome do Projeto: Simples Coisas Sonoras
Nome do Artista: Filipe Calegario
Nacionalidade: Brasileiro
Local de residência: Recife/PE

Resumo do projeto: Contrução de um conjunto de pequenos protótipos de controladores (ou instrumentos) musicais a partir de materiais simples do dia-a-dia, como por exemplo: cabos de vassoura, pregadores de roupa, papel alumínio, latas de leite, garrafas de PET, pregos, fios, etc. Uma experiência em interação voltada para música, investigando a melhor forma de combinar elementos simples para construir uma nova forma de se produzir som e de se adaptar mecânica e eletronicamente componentes.

4. Nome do Projeto: Um jardim para Epicuro
Nome do Artista: Cinthia Mendonça
Nacionalidade: Brasileira
Local de residência: Rio de Janeiro/RJ

Resumo do projeto: Cultivo de um jardim eletrônico cinético, dinâmico, em que micro mecanismos serão instalados em plantas, flores e sementes que após tocadas, interagem com choques, imagens e sons. Um jardim empirista construído de maneira colaborativa. Um Jardim microcosmo, uma espécie de horto aromático com descargas elétricas.


5. Nome do Projeto: OES Open Energy Supply
Nome do Artista: Fran Gallardo
Nacionalidade: Espanhol
Local de residência: Madri, Espanha

Resumo do projeto: O OES- Open Energy Supply - visa desenvolver um sistema autônomo de energia elétrica contínua. Um concentrador de gerador de energia solar e eólica produz eletricidade suficiente para um ou mais aparelhos eletrônicos (na faixa de 25 a 250 W), armazenada em uma bateria para o consumo. Os geradores OES serão infláveis, desmontáveis, feita de materiais reciclados e prontamente disponíveis. Contra o modelo de marcas e patentes, o projeto se manterá aberto, com uma extensa documentação sobre cada uma de suas partes, que poderão ser posteriormente alteradas e ampliadas.


6. Nome do Projeto: Analogous Chat Machine
Nome do Artista: Francisco J. Pinzón L.
Nacionalidade: Colombiano
Local de residência: Bogotá, Colômbia

Resumo do projeto: O projeto propõe uma máquina analógica de bate-papo, construída a partir de duas máquinas de escrever mecânicas - cordas e polias para conectá-las. A máquina apresenta uma forma alternativa de telecomunicações, que não usa eletricidade e possui como objetivo funcional permitir que seus utilizadores conversem uns com os outros em locais não tão distantes, questionando as condições reais de desenvolvimento tecnológico.


7. Nome do Projeto: (SPAM) Sistema Publico de Auto Marcación
Nome do Artista: NerdBots: Camilo Martinez + Gabriel Zea
Nacionalidade: Colombiano
Local de residência: Buenos Aires, Argentina

Resumo do projeto: SPAM é um sistema público de divulgação de mensagens com base nas estratégias de publicidade indesejada (spam) utilizando a rede de telefonia fixa. A plataforma permite que você grave uma mensagem a qualquer pessoa com acesso a uma linha telefônica, a ser difundida para outra linha telefônica através de um sistema de discagem automática. A infra-estrutura de telefonia fixa está em processo de obsolescência, devido à penetração da telefonia móvel, mensagens instantâneas (sms) e e-mail. O projeto visa recuperar a rede telefônica fixa e transformá-la em um sistema de distribuição e comunicação bidirecional, anônimo e massivo, utilizando, para isto, procedimentos automatizados para a gravação e marcação através de tecnologias disponíveis.


8. Nome do Projeto: Object Oriented Therapy Center
Nome do Artista: Geraldine Juárez e Magnus Eriksson
Nacionalidade: Mexicana/ Sueco
Local de residência: Gothenburg, Suécia

Resumo do projeto: OOTC é um centro de terapia para objetos desajustado. Usando hacking, filosofia e anti-psiquiatria, o objetivo é identificar o potencial real destes objetos. Em vez de consertar objetos descartados, a fim de integrá-los funcionalmente na sociedade, vamos elaborar um tratamento para compreender e realizar todo o seu potencial para além do seu uso dado pela sociedade humana. Queremos ouvir o que os objetos têm a dizer. O quê os objetos querem? Ser autônomos de nós seres humanos ou ser interdependentes? Ser expressivo ou ser deixado à própria sorte? Acreditamos que há mais para objetos tecnológicos do que os papéis que lhes foram atribuídos na sociedade humana.


Mais nformações sobre os projetos selecionados e seus autores no site: www.interactivos.marginalialab.com

O evento integra ainda o programa Vivo arte.mov, conheça-o no site www.vivo.com.br/artemov


INSCRIÇÕES E SELEÇÃO DOS COLABORADORES

As inscrições podem ser efetuadas até o dia 20 de novembro de 2010, ou até que sejam preenchidas todas as vagas, o que ocorrer primeiro, e devem ser feitas exclusivamente através do formulário online. O link está disponibilizado na página www.interactivos.marginalialab.com

Solicitações de alojamento só poderão ser feitas até o dia 10 de novembro de 2010, ou até que sejam preenchidas todas vagas disponíveis.

Não há um processo de seleção para colaboradores, de modo que todas as inscrições recebidas serão aceitas até completar a capacidade do espaço.

Aqueles que desejam se inscrever são estimulados a entrar em contato com os autores das propostas selecionadas previamente, por meio do fórum de discussão disponível no site interactivos.marginalialab.com/forum, de modo a se integrar previamente às atividades de desenvolvimento das propostas.

Contato para entrevistas:
Gabriela Sá [Marginalia+Lab]: (31) 9989-6890/ 2514-0856

Informações:
site: www.interactivos.marginalialab.com
e-mail: interactivos@marginalialab.com
twitter: @marginalia_lab
facebook: marginalia lab

apresentação:
vivo arte.mov

realização:
marginalia project
ocupar espaços
88 produções

colaboração:
medialab-prado
centro cultural da espanha - são saulo

patrocínio:
Vivo
projeto executado por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

transformAÇÕES

guerreira da roça

guaxupé - cem histórias